in

Fies: Conheça as regras para renegociação

Fies
PUBLICIDADE

Na semana do dia 20 de outubro, o Governo Federal divulgou uma série de regras par a negociação das dívidas que os estudantes possuem com o Financiamento Estudantil (FIES).

Os estudantes que estão autorizados a negociação dos benefícios do programa são aqueles que devido a pandemia ficaram sem meios para pagar suas contas.

PUBLICIDADE

Se você deseja saber mais sobre esse assunto, continue lendo esse texto!

Saiba como ficaram as novas regras do Fies

Fies
Saiba como ficaram as novas regras para renegociação das dívidas

Através da Lei 14.024/2020, o governo já prevera que alguns dos estudantes que recebem o benefício do Fies poderiam parar de pagar o financiamento até o final desse ano.

PUBLICIDADE

No texto também foi citada a possibilidade dos estudantes do ensino superior pudessem negociar o valor das dívidas adquiridas.

A partir do dia 3 de novembro, os estudantes que desejarem já podem fazer a solicitação da negociação da dívida, tendo como prazo máximo para esse processo o dia 31 de dezembro de 2020.

Aqueles estudantes que não manifestarem o desejo de participar da negociação, ficarão pagando os mesmos encargos atuais, tendo a necessidade de ficar atento pois aqueles alunos que não aderirem ao programa esse ano, não poderão aderir no ano que vem.

Como funciona a renegociação das dívidas?

Se o estudante desejar quitar a dívida em apenas uma parcelas, não terão a cobrança de qualquer encargo, ou seja, terão um desconto de 100% neles.

No entanto, é necessário estar alerta, pois o pagamento deve ser realizado até o dia 31 de dezembro desse ano.

Já aqueles estudantes que desejarem realizar a quitação do débito em 4 parcelas terão desconto de 6% no valor dos encargos, sendo necessário pagá-las até 31 de dezembro de 2022.

Ainda existem a possibilidade dos alunos realizarem o pagamento em 24 parcelas, que serão iniciados em 31 de março de 2021.

Para aqueles estudantes que possuem um valor muito alto com o Fies, saiba que existe a possibilidade de parcelar em até 145 vezes, tendo um desconto de 40% dos encargos e começarão em janeiro de 2021.

Por fim, existe a possibilidade de parcelar em 175 vezes, tendo um desconto de apenas 25% no valor dos encargos.

É de suma importância que os estudantes compreendam que os débitos contratuais continuarão a ser cobrados nas dívidas e que as parcelas não poderão ser inferiores a 200 reais.

Só é possível que você realize uma negociação em todo o programa de financiamento e caso o estudante fique sem efetuar o pagamento por três parcelas seguidas, o benefício é perdido e o valor retorna ao usual.

Esperamos que esse texto tenha sido útil para você, compartilhe com seus amigos para que eles também saibam como ficaram as novas regras do Fies.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *