in

Saiba quem tem direito a revisão da vida toda do INSS em 2019

SÃO PAULO, SP - 10.07.2019: MOVIMENTAÇÃO AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA EM SP - Movimentação em agência do INSS na zona sul de São Paulo na manhã desta quarta-feira (10). Câmara dos deputados deve colocar em votação o primeiro turno da reforma da previdência logo mais em Brasília. (Foto: Bruno Rocha /Fotoarena/Folhapress) ORG XMIT: 1760398
PUBLICIDADE

As regras para a aposentadoria estão mudando e por isso existe um medo entre as pessoas que já trabalharam a vida toda sobre como elas podem garantir que vão ter seus direitos assegurados.

Por isso mesmo existem as famosas regras de transição que servem para ajudar o contribuinte a passar por essa mudança com o mínimo de impacto, sem correr o risco de perder benefícios que ele já tem garantidos pelas regras mais antigas.

PUBLICIDADE

Foi assim que nasceu a ideia da Revisão da vida toda, que foi criada pelo INSS e que tem como objetivo ajudar essas pessoas que já estão próximas de se aposentar e tem medo de serem afetadas pela mudança, nesse artigo vamos explicar um pouco mais sobre isso.

O que é a revisão da vida toda?

As novas regras da Previdência levam em conta toda a vida de contribuição do trabalhador, nesse caso a aposentadoria deve ser calculada levando em consideração 80% das contribuições e deixando de fora os 20% menores, ou seja, em caso de funções com salários menores.

PUBLICIDADE

Sendo assim para quem está próximo de aposentar usando as regras anteriores, existe a possibilidade de ter uma aposentadoria maior com as regras atuais, essas pessoas são principalmente quem parou de contribuir durante algum tempo ou fez contribuições menores a partir de 1994.

Desta forma o contribuinte pode pedir a revisão da vida toda que vai recalcular todas as contribuições e definir o valor final da aposentadoria utilizando as novas regras da previdência.

Atenção!

Nem sempre a regra da revisão de vida toda vai ser uma vantagem, existem casos em que através dessa revisão o resultado vai ser inferior, por isso é interessante procurar um contador especializado e fazer o calculo antes de pedir oficialmente pela revisão.

Lembre de que essa regra apenas se aplica enquanto a reforma previdenciária não for aprovada, uma vez que a aprovação seja concretizada a revisão da vida toda não vai mais poder ser feita, então aproveite a oportunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *