in

Saiba quais são as profissões com direito a Aposentadoria Especial pelo INSS

PUBLICIDADE

A aposentadoria é um assunto super presente na atualidade, com as regras mudando é importante ficar atento e saber exatamente quais são as regras que se aplicam a você, por isso decidimos falar um pouco sobre a aposentadoria especial.

A Aposentadoria Especial é oferecida para trabalhadores que exercem funções onde os mesmos estão expostos a todo momento a substâncias e situações de risco, e por isso se entende que devem ter uma carga de trabalho menor durante a vida.

PUBLICIDADE

Nesse artigo vamos falar um pouco sobre quais são as profissões que tem direito a essa aposentadoria especial e quais são as regras para ter direito a essa aposentadoria em cada caso.

Aposentadoria especial com 15, 20 ou 25 anos

Para quem trabalha em frentes de produção de mineração subterrânea, a aposentadoria especial vem com o menor tempo, sendo possível se aposentar com apenas 15 anos de trabalho, isso é um resultado da presença acumulada de riscos físicos, biológicos e químicos. 

PUBLICIDADE

Já para trabalhos com exposição a químicos, como no caso do Asbestos que também é presente muitas vezes em mineração, a aposentadoria especial pode ser solicitada aos 20 anos de trabalho, o mesmo vale para profissões expostas a outros produtos químicos perigosos.

Já a aposentadoria de 25 anos é para qualquer funcionário que tenha um trabalho relacionado com riscos biológicos ou químicos mas que não esteja diretamente envolvido em produção ou transporte.

Regras da aposentadoria especial

A aposentadoria especial tem também algumas regras que vão fazer a diferença total na hora de saber quem tem direito, essas regras servem para que não existam dúvidas a serem consideradas nesta situação.

Primeiro a aposentadoria especial oferece igualdade de sexos, ou seja, homens e mulheres estão sujeitos às mesmas regras, além disso toda função que ofereça riscos físicos, químicos ou biológicos estão sujeitos às mesmas regras.

Desta forma profissionais como tratoristas ou operador de máquinas mesmo em funções diferentes estão sujeitos às mesmas regras por estarem exercendo o mesmo risco. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *